segunda-feira, 10 de outubro de 2016

SANEPAR INVESTE EM AGRO CAFEEIRA


Matelândia esteve presente na assinatura da liberação de obras para o município de Matelândia, distrito de Agro Cafeeira onde será ampliada o reservatório de água passando de 100 mil litros para a capacidade de 250 mil litros
O governador Beto Richa entregou nesta quinta-feira (6) as novas moradias de 128 famílias de Cascavel, no Oeste do Paraná. Elas agora têm como endereço o Residencial Quebec, no bairro XV de Novembro, e pagarão prestações que variam de R$ 25 a R$ 80 por mês, pelo período de dez anos. O investimento é de R$ 8,4 milhões, feito em parceria pelo Governo do Paraná, por meio da Cohapar, Copel e Sanepar, em parceria com o governo federal e prefeitura. O presidente da Cohapar, Abelardo Lupion, e o superintendente regional da Caixa, Edílson Zanata, participaram da solenidade. 

O governador também entregou as obras de ampliação do sistema de esgoto de Cascavel, no valor de R$ 71,6 milhões. Richa e o presidente da Sanepar, Mounir Chaowiche, assinaram autorização para aumentar a produção e a reservação de água da cidade. Além disso, foram inauguradas obras e autorizados novos trabalhos de expansão de sistemas de água em mais oito municípios da região. 

Richa destacou a expansão do saneamento. Desde 2011, a Sanepar investiu mais de R$ 150 milhões em Cascavel. “Segundo o ranking nacional de índice de saneamento, das 20 cidades com os melhores índices no Brasil, cinco são do Paraná e uma delas é Cascavel”, disse ele. Segundo o prefeito Edgar Bueno, o índice de saneamento mais que dobrou no município, nos últimos anos. “Também tivemos grande avanço na área da habitação. Além de unidades já entregues, temos cerca de mais mil moradias previstas”, disse ele.

O presidente da Sanepar, Mounir Chaowiche, enfatizou a importância dos investimentos no setor. “Água tratada e sistema de esgoto significam mais saúde e qualidade de vida para a população. No Paraná, isso é prioridade do governo”, afirmou ele. 

CASA PRÓPRIA - Só nesta quinta-feira, 203 famílias paranaenses receberam as chaves da casa própria. Além de Cascavel, foram entregues moradias em Diamante do Sul e Guaraniaçu. Os investimentos nas três cidades somam R$10,6 milhões. “Não só no Oeste, mas em todo o Paraná há uma verdadeira revolução habitacional. Este é o primeiro governo com projetos de moradias nos 399 municípios, contando ainda com a inovação de 14 mil casas na área rural”, disse o governador. Ele lembrou que já são 106 mil famílias atendidas pelos programas da Cohapar, em seis anos. “Nos oito anos do governo anterior foram inauguradas 18 mil casas”, citou. 

Richa visitou a nova residência de Olívia Antunes Pereira, de 64 anos. “Podem ter certeza que vou zelar muito bem, cuidar, deixar linda”, disse ela, que mora com a família e pagava aluguel. “Agora o dinheiro vai sobrar um pouco”, afirmou. 

FAZER A DIFERENÇA - No Oeste do Estado, desde 2011, já são 13 mil famílias atendidas com moradias urbanas e rurais, além de titulação de imóveis. Os investimentos são de R$ 805 milhões dos governos do Paraná, Federal e Municipais. No Estado, os investimentos em habitação são de R$4,5 bilhões.

“Quando se tem a responsabilidade de presidir a empresa que tem de fazer a diferença na área da habitação, e a habitação é um direito sagrado das pessoas, temos de levar muito a sério”, afirmou o presidente da Cohapar, Abelardo Lupion. “Não imaginava que isso seria tão gratificante. É uma oportunidade de apoiar as famílias que precisam do poder público e tenho a certeza de que faremos a diferença na vida muitas outras pessoas”, disse ele. 

VIVER MELHOR - A aposentada Lucinda de Brito dos Santos, 75 anos, mora com a filha e uma neta em uma casa alugada. Elas pagam R$600 pelo aluguel e, segundo Lucinda, é um dinheiro que faz falta no fim do mês. "A casa não é boa e ainda custa muito caro, tem vários problemas e parece que vai cair. Com o dinheiro que sobrar quero investir mais na minha saúde, vou viver melhor e mais sossegada", afirmou.

Geni Ribeiro, de 53 anos, é zeladora e vivia de aluguel em uma casa simples. "Pegar a chave do meu apartamento é um sonho de uma vida inteira. Quero me mudar ainda hoje. O dinheiro que vou economizar com o aluguel vou guardar para fazer as coisas para mim, vou tirar férias do trabalho e quero viajar", contou.

PRESENÇAS – Participaram da solenidade o secretário da Infraestrutura e Logística, José Richa Filho; o prefeito de Assis Chateaubriand e presidente da Associação dos Municípios do Paraná (AMP), Marcel Micheletto; o reitor da Unioeste, Paulo Sérgio Wolff, e os deputados estaduais André Bueno, Luiz Carlos Schiavinato e Adelino Ribeiro. 

Box

Expansão de sistemas de água

beneficiam mais municípios do Oeste 


Além da entrega das obras de ampliação do sistema de esgoto de Cascavel, foi assinada a autorização para aumentar a produção e a reservação de água da cidade para atender a região dos bairros Canadá, Lupatini, Novo Milênio, Continental e Mirante. O reservatório terá capacidade para armazenar 600 mil litros de água. Foram autorizados, ainda, investimentos para ampliação do Centro de Controle Operacional de Cascavel. Essa ferramenta permite que a Sanepar faça o gerenciamento de todo o sistema de distribuição de água em tempo real e o monitoramento da captação de e das estações de tratamento de água da cidade. 

O governador também entregou o reservatório de água de Iguatu e as obras de interligação de mais um poço para a cidade de Ibema. Foram assinadas ordens de serviço para a ampliação dos sistemas de abastecimento de água dos municípios de Anahy, Braganey, Catanduvas, Três Barras do Paraná e Ramilândia e de dois distritos de Corbélia (Ouro Verde do Piquiri e Penha) e dois de Cascavel (Rio do Salto e Juvinópolis). Também foram autorizadas obras para ampliação do abastecimento de Capitão Leônidas Marques, no valor de R$ 1,2 milhão.






Nenhum comentário:

Postar um comentário

REFIS EM MATELÂNDIA