Visite está empresa em Cascavel

Visite está empresa em Cascavel

sábado, 9 de abril de 2011

Desta vez eu vou, e é para valer!

Assim Alcides Marques, o ex-vereador Cide, que todos conhecem, diz de forma bastante categórica, “desta vez eu vou, e é para valer!”.

Cide, concorreu pela primeira vez em 2000 pelo PPB (agora PP) tendo sido eleito com 475 votos; em 2004 foi reeleito, e desta vez pelo PPS, com 801 votos. Exerceu a presidência da Câmara Municipal em duas oportunidades neste período de duas legislaturas. Já em 2008, foi o segundo candidato a vereador mais votado com 962 votos, mas não foi diplomado, pois segundo o Ministério Público e a Justiça Eleitoral cometeu durante a campanha o crime eleitoral de compra de votos. Depois o próprio Ministério Público e a Justiça reconheceram que tudo foi uma armação, quando a principal testemunha se retratou. Assim Alcides Marques, o Cide, foi absolvido, não existe mais nenhuma ação penal contra ele. Ainda não recebeu da Justiça Eleitoral o cargo de vereador conquistado nas urnas, mas isso o próprio Cide afirma que não é o mais importante. O mais importante é que consegui provar a minha inocência. Voltando ao início, Cide quer concorrer a Prefeito Municipal em 2012. “Para as eleições de 2008 houveram alguns ensaios, tinha apoio popular, mas as circunstâncias direcionaram no sentido de que o meu partido fizesse parte de uma coligação, a que elegeu o Prefeito Elias Carrer. Diz que está mais maduro, que continua em contato com a população, que preside um partido, o PPS, que foi o segundo mais votado para o legislativo municipal. Afirma que o PPS tem nominata completa para a eleição proporcional e que continua filiando líderes nos bairros e comunidades do interior.
Quem fala com Cide, percebe a sua disposição de concorrer, este é o seu sonho. Perguntado se era para valer desta vez: “Estou preparado, tenho vontade e quero mostrar a Medianeira todo o apoio popular que usufruo!”. Questionado, ainda, e se o teu partido ficar sem o apoio de outros, não conseguir acertar nenhuma coligação? Como fica? “Não é empecilho, as vezes uma coligação muito grande prejudica o executivo, quando é obrigada a acomodar muita gente. Isso eu vou explicar aos eleitores de Medianeira.”

         Como estamos sentindo, é mais um candidato que surge.

 foto Giuliano De Luca

fonte: http://kangourou.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário