Visite está empresa em Cascavel

Visite está empresa em Cascavel

domingo, 4 de setembro de 2011

Toque de "proteger" diminui ocorrências com jovens em Matelândia, Laranjeiras do Sul também está sendo analisado o projeto

Matelândia (foto)
Pós a adesão do “Toque de Proteger”, que proíbe que jovens com menos de 16 anos fiquem nas ruas de Matelândia, no Oeste do Paraná, depois das 22h, o número de ocorrências envolvendo jovens diminui. Seis meses antes da lei foram registradas 29 ocorrências envolvendo menores. Seis meses depois da medida entrar em vigor, o índice caiu para 12. Caso algum menor for encontrado fora de casa após o “Toque de Proteger” , os pais ou responsáveis podem se complicar. Sara Kolben, que é representante do Conselho Tutelar, explicou que os pais são representados na delegacia e que um relatório é encaminhado para o Ministério Público. Matelândia fica às margens da BR- 277. De acordo com a Polícia Militar, a localização geográfica da cidade beneficia o aliciamento de jovens para a prática de infrações. “Nós estamos atentos a esta movimentação e por isso a preocupação da comunidade com o jovem e com o adolescente”, afirmou o capitão da Polícia Militar Ricardo Pinto. Para os jovens o assunto divide opiniões. Entre os adultos, por outro lado, parece haver um consenso. Os pais acreditam que o "Toque de Proteger" veio para garantir mais segurança e acima de tudo para por um freio nos adolescentes.

Laranjeiras do Sul

Laranjeiras do Sul vem sendo palco de várias ocorrências envolvendo menores de idade, recentemente tentativas de homicídios e até homicídios foram registrados com autoria de menores, além de outros crimes. Visando o bem estar social e proteger as famílias e principalmente os jovens de Laranjeiras do Sul o Vereador Junior Gurtat juntamente com a Câmara Municipal estão viabilizando o projeto para ser implantado na cidade.

Vereadores Junior Gurtat e Ivone Portela enviaram projeto ao Departamento Jurídico

O Vereador Junior Gurtat falou com nossa reportagem sobre a importância deste projeto, contou que em Laranjeiras do Sul o projeto já está sendo analisado pelo departamento Jurídico da casa de leis e em breve dará entrada para apreciação, votação e aprovação pelos vereadores de Laranjeiras do Sul, "esse projeto visa melhorar a segurança em nossa cidade, com o objetivo de proteger o cidadão de bem e assim ajudar a evitar que nossos jovens comentam crimes e estraguem suas vidas, na maioria dos casos são por motivos banais, mera discussões ou desentendimentos", declarou Junior Gurtat.

Nenhum comentário:

Postar um comentário