Visite está empresa em Cascavel

Visite está empresa em Cascavel

terça-feira, 17 de janeiro de 2012

Começa a duplicação da BR-277 entre Medianeira e Matelândia


 O secretário da Infraestrutura e Logística, José Richa Filho, acompanhou nesta terça-feira (17) o início da duplicação da BR-277 entre Medianeira e Matelândia, no Oeste do Estado. Na foto o secretário com autoridades presentes, Vereador Foz do Iguaçu Carlos Budel, Presidente da Câmara de Medianeira Jean Bogoni, secretário municipal de governo José Vani Grassi, secretário de coordenação do Oeste Sérgio Terres, Presidente da AMOP prefeito Eliezer, vice prefeito de Medianeira Ricardo Endrigo, secretário José Richa Filho, presidente da ACAMOP vereador Ademir Graffunder e Maurício Querino Theodoro  da FERROESTE. FOTO CESAR BERGER

 

O secretário da Infraestrutura e Logística, José Richa Filho, acompanhou nesta terça-feira (17) o início da duplicação da BR-277 entre Medianeira e Matelândia, no Oeste do Estado. As empresas contratadas pela concessionária Ecocataratas já começaram a instalação da sinalização de trânsito ao longo dos 14,4 quilômetros a serem duplicados. A concessionária investirá R$ 49,3 milhões no projeto.  “A obra integra o programa de modernização do Anel de Integração, desenvolvido pelo Governo do Estado para aumentar a competitividade do Paraná e dar mais segurança aos usuários das rodovias”, afirmou o secretário. Ele também lembrou que o Contorno de Mandaguari, na região Norte, já está em execução e que a nova pista da BR-277 em Campo Largo, na Região Metropolitana de Curitiba, deve ter a construção iniciada em breve.  CUIDADOS NO TRECHO – O tráfego não sofrerá bloqueio com o início das obras na BR- 277, porém é importante que os motoristas respeitem os limites de velocidade, estejam atentos à sinalização e dirijam com a atenção redobrada. “Neste primeiro momento, o trânsito na via não será interrompido. As mudanças acontecerão apenas no momento em que começarem a construção dos viadutos”, disse o gerente de Engenharia da Ecocataratas, Jean Carlo Mezzomo.  Além dos 14,4 quilômetros de duplicação, serão construídos três novos viadutos no perímetro urbano de Medianeira, um viaduto no Km 667 e uma nova ponte sobre o Rio Ocoy.  DIÁLOGO – A duplicação do trecho só foi possível graças ao diálogo entre o Governo do Estado, Ecocataratas e concessionárias. “Para agilizar a duplicação no trecho mais crítico da BR-277, foi feito um termo de ajuste com a Ecocataratas enquanto as partes discutem a renegociação de todo o contrato de concessão, com inclusão de outras obras e a duplicação completa até Cascavel”, afirmou o diretor de Operações do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), Paulo Melani.  “Para renegociarmos todo o contrato de concessão, precisaríamos de mais tempo e a obra não podia mais esperar. Acordamos este primeiro trecho para o início rápido e estamos discutindo todo o restante”, completou Melani.  Além da duplicação até Cascavel, estão sendo propostas terceiras faixas e viadutos em Foz do Iguaçu e Guarapuava e a duplicação de 50 quilômetros entre Candói e Guarapuava.

Nenhum comentário:

Postar um comentário